Agosto de 2012, Ilhas EIAO, Marquesas Tahiti

Relato por Luke Ryan de Perth, Austrália

A tortuosa travessia de barco para as ilhas nos deu bastante tempo para tomar as decisões finais sobre qual isca utilizar primeiro. EIAO finalmente apareceu no horizonte e a excitação continuou a crescer. Após viajar 48 horas meio mundo partindo da Austrália estávamos aliviados de finalmente pisarmos na ilha de aparência pré-histórica de EIAO.

A primeira tarde foi gasta preparando nossos equipamentos e nós mesmos para o que viria das profundezas do oceano. Na manhã seguinte acordamos com café fresco e ovos cozido. A hospitalidade do povo Marques foi uma experiência bem humilde e fez toda a experiência ser ainda mais especial. Carregamos os barcos com equipamentos, nos dividimos em dois grupos e navegamos em direção ao primeiro ponto de pesca. A paisagem de EIAO é incrível e muito diferente de qualquer outro lugar que eu já estive antes.

Dois arremessos no primeiro ponto e Zeb pegou um belo peixe; após algumas fotos chegamos a conclusão de que deveria pesar por volta de 25Kg. Mais dois arremessos e eu peguei algo, e assim foi indo a pescaria até a água se tornar um pouco verde e decidimos ir a águas mais profundas, concentrando nossas forças no Jigging.

No terceiro dia, o dia final, passamos bastante tempo pescando em águas que variavam entre 30-50mts, e pegamos muitos Giant Trevallys. Os Atuns Dogtooth também estavam presentes, resultando em muitas brigas e iscas perdidas.

Pescar em EIAO foi fantástico, eu nuca havia visto tantos peixes quanto lá, e o tamanho e a quantidade de peixes ao redor das ilhas é maior do que outros locais que eu havia pescado anteriormente. O lugar é intocado e a pescaria definitivamente tem um grande potencial para um peixe monstro ser pego. Os “poppers” parecem ter funcionado bem devido a profundidade da água que girava em torno de 20mts, e você poderá utilizar PE8 na maioria das situações. Os “stickbaits” também funcionaram muito bem a medida que os dias passavam.

Jigging nas EIAO é insano com muitos peixes ariscos, e pescar com PE6 e leaders de 200lb fizeram parecer que viemos despreparados muitas vezes. Grandes Atuns Dogtooth habitam as águas e é apenas questão de tempo para um verdadeiro peixe de 100Kg ser pego. Todo o tempo que estávamos “Jigando” não precisamos ligar o GPS nem a sonda, era apenas uma questão de escolher um local, largar os “Jigs” e ver que eram amassados quase que instantaneamente na maioria dos casos. Você sabe que está em um local realmente especial quando não existe a necessidade de utilização de equipamentos eletrônicos. EIAO é um lugar incrível para se visitar e é um destino verdadeiramente “virgem”, e sem dúvida irei retornar para tentar pegar os grandes ariscos de EIAO.